Famílias

Churrasco Kids

[Alimentação] Churrasco Kids

Que tal aproveitar este feriadão do dia das crianças e preparar um churrasco especialmente pensado nos pequenos… Um churrasco kids!

O objetivo principal é unir toda a família de uma forma deliciosa, mas pensando em comidinhas que a criançada vai amar e comer tudinho, como toda mamãe gosta rs. (mais…)

Dia dos Pais

[Comportamento] A Importância do Pai

Dia dos PaisDesde a gestação o pai tem um papel fundamental no desenvolvimento do filho. Hoje, comprovadamente, sabe-se que todas as emoções vividas pela mãe na gestação influem diretamente no desenvolvimento da criança. Quando a mãe está feliz, ou triste, nervosa ou tranquila a criança também recebe esses estímulos, portanto, o pai deve participar ativamente deste período, acompanhando todo o desenvolvimento, as consultas no obstetra, obtendo informações de como será a nova vida com a chegada de um bebê.

Quanto menor a criança, maior é a necessidade de referência e valores. Essa referência sempre estará presente, até a vida adulta, entretanto, nos anos iniciais, os valores discursados e praticados têm um peso significativo. O pai precisa dispor de um tempo efetivo para o filho. Aquele tempinho para contar uma história, rolar no chão e contar as novidades do dia. É preciso exercitar essas atitudes para que efetivamente esse momento seja rico. Se o pai chega em casa, com a cabeça no trabalho, e coloca uma fita para o filho ver e pensa que está fazendo um benefício, pois ele está entretido e feliz, se engana. Aqueles minutos de intimidade são essenciais para criar o vínculo e dar parâmetros de comportamento à criança.

Não se pode mais falar hoje, de um modelo de pai, pois muitos são os tipos de estruturas familiares. Tempos atrás, a família patriarcal era soberana. Bastava ao pai prover autoridade, segurança física e financeira – e pronto, seu papel estava sendo perfeitamente cumprido. Hoje, ainda remanescem algumas famílias patriarcais, mas são poucas. O pai tem procurado participar mais, dividir responsabilidades e prazeres ao lado dos filhos também. E claro, essa é a receita ideal.

Para o famoso “pãe”, o conselho é: pais são tão capazes para lidar com a rotina do filho quanto as mães. Não é preciso recompensas materiais. Curtam os momentos em que estão juntos, riam e se divirtam. Não há melhor receita do que dividir um jantar, buscar um filho na escola, ser homenageado, ficar papeando, brincando, jogando… enfim ficar junto de bobeira!!!

Dia dos Avós

[Comportamento] Avós, uma benção para os Netos

Minha Coluna desta semana está bem diferente, hoje não trataremos de Moda, Looks e afins, mas sim de um assunto muito especial, os Avós!!!! Tem algo melhor no mundo do que a comidinha cheirosa da Vovó? Ou os abraços apertados do Vovô? Isso sem contar aquele sorriso de babão que eles fazem quando olham para os Netinhos!!!

Pois bem, os especialistas são unânimes quando o assunto é a convivência com os Pimpolhos. De acordo com Rita Calegari, psicóloga do Hospital São Camilo (SP), a participação deles na criação dos netos, quando possível, pode trazer uma série de benefícios a todos os envolvidos. Os pais têm com quem dividir a tarefa de cuidar, as crianças são expostas a um círculo familiar maior, e os avós têm sabedoria e experiência reconhecidas socialmente. “A criança se enriquece muito com esse contato, já que recebe mais estímulos, amplia seu repertório e aprende a conviver em um ambiente distinto com pessoas diferentes. ”, diz.

Quem nunca aprontou alguma peça e recebeu cobertura dos avós? Ou comeu um chocolate a mais e não foi julgado por causa disso? Por essas e outras, a cumplicidade é a relação mais natural existente entre avós e netos. É preciso, porém, ter cuidado e saber a hora de colocar limites, especialmente com aqueles que participam diariamente do cotidiano dos netos. “Nesses casos, a criança não pode achar que todo dia é dia de festa só porque ela está com os avós. Ela terá que seguir algumas regras para não comprometer sua saúde física e mental”, explica Rita.

Acontece que nem tudo é um mar de rosas nessa história. Se você já deixou seu filho com os avós, com certeza sabe que os desentendimentos são inevitáveis. Quando a criança apresenta um sintoma de alguma doença, você acha que ela deve ser tratada de determinado jeito, mas eles dizem que têm outra receita mais eficiente. Quando ela fica com vontade de certo doce, você fala que é melhor comê-lo em outra hora, mas eles não resistem e logo cedem ao desejo do neto. Fica então a dúvida: como agir nesses casos?

Com a ajuda das psicólogas, a Equipe da Revista Crescer, montou uma lista com dicas que podem facilitar a boa convivência. Confira:

– Tratar os avós como babás de luxo é o grande erro cometido pelos pais. Por isso, se a criança precisa ou quer passar o dia na casa deles, não faça listas indicando o que pode ou não pode ser feito. Confie na relação direta existente entre avós e neto e respeite suas decisões e atitudes.

– Os avós também devem fazer sua parte procurando se informar sobre novos padrões de comportamento, métodos de educação e tratamentos de saúde. Eles podem, por exemplo, acompanhar algumas visitas do neto ao pediatra e ir a reuniões da escola.

– O mais importante é que os papéis sejam bem definidos. Os pais precisam aceitar a sabedoria dos avós, assim como esses devem respeitar a autoridade dos pais. Todos vão palpitar, sim, sobre assuntos que envolvem a criança, mas, com uma boa conversa, entrar em um acordo não será tão difícil.

– Quando acontecer algum desentendimento, respire fundo e deixe a discussão para um momento em que a criança não esteja presente. Isso garante uma convivência pacífica e saudável entre todos.

– Se a criança costuma ficar todos os dias na casa dos avós, os limites devem ser melhor delimitados. Convivendo cotidianamente com o neto, os avós podem se sentir mais livres para aplicar seus próprios métodos de criação, o que pode chatear os pais. Mais uma vez, uma conversa franca e tranquila será necessária para chegar à solução. E cabe aqui ainda uma regra geral: a autoridade dos pais é sempre maior, mas, se eles dependem de outras pessoas para cuidar dos filhos, têm que aceitar que a influência externa é inevitável.

Fonte: http://revistacrescer.globo.com/Familia/Rotina/noticia/2013/07/dia-dos-avos-importancia-deles-para-pais-e-netos.html.

Dia da Familia HidroForma Studio

Dia da Família HidroForma Studio

No último final de semana nossa #familinha participou de um evento super gostoso na HidroForma Studio com nossa parceira Thalita Hartmann.

O projeto “Dia da Família” é um evento que convida toda a família a experimentar uma atividade física em conjunto ou seja, a família toda pode fazer a mesma atividade e se divertir junto rs…

(mais…)

Significado_nomes

O nome mais lindo!!!

A escolha do nome é mesmo um momento especial, único… Você sempre tem certeza que escolheu o nome mais lindo para a sua Sementinha de Gente.

No meu primeiro filho, como eu sonhava em ter uma menina, me divertia escolhendo e pensando nomes femininos, quando descobri que era um menino meu mundo caiu… (mais…)

1 2 3 4 5