Deixar a criança viver cada etapa da sua vida com naturalidade é tão fundamental como acompanhar seu desenvolvimento motor e psicológico. Para crescer um adulto saudável e feliz, criança precisa ser criança em toda sua plenitude.

Os direitos básicos das crianças tais como alimentação, educação, saúde, lazer, liberdade e ambiente familiar e de sociedade devem ser sempre assegurados, além da proteção contra discriminação, exploração, violência e negligência, como está descrito na Declaração Universal dos Direitos da Criança, mas a nossa obrigação como responsáveis vai mais além a estas necessidades, devemos observar pequenos comportamentos e atitudes que garantem a criança se mantenha criança.

De acordo com Fernanda Toledo Lima, mãe da Valentina de 9 anos e psicóloga clínica (CRP12/06268) “por décadas as crianças não tiveram muita vez e voz, mas hoje, há um espaço quase sagrado em suas famílias. Muitas vezes, entretanto, as crianças e familiares acabam tendo dificuldade em lidar com este mundo de possibilidades e se distanciam do verdadeiro sentido de ser criança.”

A Fernanda lista 4 atitudes para os pais introduzirem e praticarem na rotina familiar, permitindo que esta fase seja vivida de forma intensa, completa e feliz.

1) Escute seus filhos (as)

Valorize seus sentimentos, pensamentos e observações. Uma criança que recebe atenção e é validada em suas ideias se torna mais segura nas próximas etapas do desenvolvimento.

2) Permita pés e mãos livres

Conhecer o mundo através do tato é fundamental.

Deixe que experimente, que conheça diferentes texturas e formas, que se suje!

3) Estimule a arte

Permita que exercite sua criatividade.

Desenhar, cantar, dançar, pintar, usar fantasias…

Tudo isso faz com que possam sonhar, refletir, fantasiar e viver a plenitude dessa fase da vida.

4) Respeite o tempo de cada um

Não apresse a sua criança. 

Procure não exigí-la além do seu limite, estimule o auto-respeito, ou seja, o respeito `as suas próprias limitações.

Sobre a Fernanda:

Psicóloga de coração mesmo antes da formação, uma apaixonada pelo SER humano. Se quiserem conhecer mais sobre o trabalho dela dá uma olhadinha no site http://www.fernandalimapsicologia.com.br

Fotos: Babuska Fotografia 

Crianças: A. e M. da mamãe Marcela Gandolfi (IG @maternidadedupla) e L.Y da mamãe Tallita Martins Hashimoto

 

Deixe uma resposta