Devido a herança de crenças, tanto religiosas arcaicas como as culturalmente construídas, nós brasileiros somos ainda, além de “analfabetos financeiros”, extremamente imediatistas. E a consequência desastrosa dessa combinação “bombástica” impacta fortemente em nossos resultados financeiros até hoje. Imagine como serão então nossos filhos se nada mudar!

Felizmente esse cenários está mudando no Brasil, e principalmente, se você está lendo este artigo é porque, no mínimo quer educar financeiramente melhor seus filhos!

Sendo assim, começo com um grande parabéns e te antecipo que, quando tomamos uma decisão de adquirir educação financeira, além de impactar nossa família e resultados imediatamente, nos tornamos agentes de mudança para um mundo melhor!

Vamos lá então!

Você sabia que R$100,00 por mês em 30 anos pode se transformar em R$ 1.000.000,00?

Mas como Paula? Você quer me dizer que eu tiro R$ 36.000,00 do bolso e o dinheiro multiplica numa ordem de grandeza que nem sei calcular?

Sim!!!! Einstein explica: “A força mais poderosa do universo é o juro composto (…) O juro composto é a maior invenção da humanidade, porque permite uma confiável e sistemática acumulação de riqueza. – Albert Einstein

No geral só ouvimos falar mal de juros,  mas sair de tomador de dinheiro (fazer empréstimos, financiamentos, consignados, etc) e passar a ser investidor  é a única maneira de fazer o juro trabalhar a seu favor.

Sendo imediatistas, acabamos não enxergando esse milagre dos juros compostos, afinal no curto prazo não sentimos a diferença, mas lá na frente, aos 29 anos…1 ano a menos que os 30 previstos em nossa análise, a diferença resultante de não contribuir 100,00 por mês por 12 meses chega a MENOS R$ 200.000,00 no total acumulado!

E mais, se quisermos atingir o mesmo valor acumulado (R$ 1.000.000,00) em menos tempo, por exemplo 10 anos, se tivermos a sorte da média em 10 anos ser a mesma dos últimos, teremos que investir em média 3.500,00 por mês, visto que é o tempo + juros compostos que potencializam esse resultado de lucros!

Portanto o convite aqui é refletirmos sobre a importância de começar!

Reflita comigo: Ficar esperando uma promoção, montar uma empresa e ter lucro, uma herança ou qualquer outra “desculpa” financeira, adia a prosperidade e estabilidade do seu futuro e de sua família.

Se atualmente está difícil começar com 100,00, comece com 10,00 mas vá criando o hábito de guardar. No livro “O homem mais rico da Babilônia”, aprendemos que a fórmula para a prosperidade financeira está em se pagar. O personagem guarda 1 moeda a cada 10 que recebe.

Criar estratégias para guardar dinheiro, seja através de diminuir o custo de vida familiar para sobrar dinheiro, seja aumentando o faturamento, é essencial para tornar a jornada consciente e os resultados evidentes e mensuráveis. E pense que seus filhos são crianças e, começar a poupar desde já, o quanto antes, irá fazer toda a diferença no futuro financeiro deles

Para começar, seguem alguns passos essenciais para te guiar:

Lembrem – se que qualquer estratégia só vai funcionar se for “a sua cara”, e da sua família!! Por isso respeitar seus valores é essencial para a sustentabilidade desse processo!

  • Conheça seu orçamento familiar! Convide a família a fazer anotações diárias…para juntos decidirem onde e o que podem cortar para sobrar dinheiro. Se existir uma forma de aumentar o faturamento familiar, vale considerar. Isso fará grande diferença no tempo de atingimento dos objetivos
  • Construa objetivos, pode usar nossa última matéria do quadro dos sonhos para ajudar – sendo familiar, podem fazer um quadro dos objetivos dos adultos + das crianças e dos comuns;
  • Crie “caixinhas”, poupanças, investimentos para guardar o dinheiro para cada objetivo – exemplo objetivos de curto prazo – caixinhas em casa (tipo cofrinho), poupança para a viagem, previdência privada para a faculdade…(ideal é que a família tenha uma reserva financeira na poupança para emergências);
  • Atingir a meta, realizar o objetivo será a comemoração. Mas para objetivos de longo prazo, crie submetas e comemore de alguma maneira peculiar para ir vendo o processo e sentindo o porque vale a pena, pois por minimo que sejam , haverão renúcias, e para se manter nesse caminho de construção, a motivação tem que estar em alta!

Para construirmos uma nova realidade financeira em nossa vida e família, é imprescindível romper com os padrões de comportamentos disfuncionais que herdamos. Como bem ressaltou Eisntein, o princípio da insanidade é esperar resultados diferentes fazendo sempre as mesmas coisas.

Nós somos os responsáveis por nossa vida, felicidade e prosperidade. E se mudarmos já, seremos agentes de mudança do destino de nossos filhos e mais…do mundo!

Beijos, com carinho!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comentários *