Quando falamos em atividade física em família a primeira ideia que nos vem à cabeça é, familinha saudável, qualidade de vida.

Praticar exercícios físicos é importante em todas as fases da vida. Nos dias de hoje, com a rotina de trabalho pesado, muito apartamentos, pouco espaço de lazer, os pais acabam se exercitando menos para cuidar dos filhos, mas esquecem que praticar atividades físicas em família além de ser divertido, é uma ótima maneira de entreter a criançada, aumentar o vínculo afetivo, confiança e de quebra, fugir do sedentarismo.

Atividade Física é importante para todas as fases da vida, em família!

Ter esses hábitos incorporados na infância e na adolescência, são transferidos para fase adulta. Crianças e adolescentes menos ativos fisicamente apresentam maior predisposição a se tornarem adultos sedentários. Mais do que características biológicas, os pais passam para os seus filhos, comportamentos, valores e, principalmente atitudes em relação à vida.

As atividades não devem ser impostas como obrigação, para que não se tornem enfadonhas e assim acabem sendo abandonadas precocemente pelos praticantes. As atividades devem ser uma brincadeira, tudo deve acontecer naturalmente, crianças com mais idade, como 6 anos ou mais, os pais já podem conversar sobre o assunto e fazer com que dominem alguns conhecimentos, adotando alguns procedimentos amplamente divulgados: a importância do aquecimento, do alongamento, da intensidade, da roupa e do tipo de calçado aconselhável, as regras dos jogos a disciplina e como se sentem após a prática. Um lanchinho saudável após o treino ou um suco bem gelado fará toda a diferença.

Eventos especiais na vida da sua família

  • correr no parque, ou deixar que criem um jogo diferente;
  • esqueça dos seus compromissos nesse momento, curta 15 minutos, 30 ou 60, mas estejam presentes;
  • ofereçam mais de uma modalidade, deixem que experimentem os desportos;
  • seja o exemplo sempre;;
  • jogos em casa, esconder, buscar, achar;
  • crie uma rotina, elogie a cada vitória e ensine a cada derrota;

”A família deve ter o hábito, da pratica de atividade para a manutenção da vida saudável. Além disso, este convívio junto também possibilita uma maior interação e intimidade entre eles. ”

Permitam-se!!

Existem inúmeras atividades físicas que podem ser praticadas pela família, entre outras: os jogos, o ciclismo, o esporte, a caminhada, a corrida, “a pelada”, brincadeiras realizadas em casa, na rua, no parque ou nas praças públicas. Enfim, convide os primos, os colegas, faça uma gincana de “acertar bolinhas dentro de copos plásticos”, “vivo ou morto”, “gato mia”…quem da nossa geração nunca brincou disso?
Nossos filhos hoje decolam em um mundo paralelo a nós, pessoais e muitas vezes distantes da nossa convivência. Quando “abrimos os olhos”, percebemos que deixamos de aproveitar coisas simples, porém marcantes, então, passamos a lamentar os momentos que não ficamos juntos, ou alguns comportamentos que não entendemos.
Vivemos um contexto extremamente conturbado e não podemos deixar de assumir a responsabilidade de acompanhar e influenciar no processo de formação dos nossos filhos, praticar atividades físicas juntos, nós dará a percepção de enxergar o tempo passar,  notarmos o sentar, o engatinhar, os primeiros passos, sua altura, seus saltos que estão cada dia mais altos, sua corrida e desenvoltura para brincar com a bola, com a corda, sua maturidade sobre seus horários de treino, alimentação e vitórias.  Isto requer disponibilidade de tempo, estabelecimento de propostas, que criem vínculos e que podem promover alegria, divertimento, prazer e distração. A atividade física é um recurso bastante adequado para alcançar este propósito familiar.

A criança sente a sensação boa da mãe e do pai ao praticar atividade física e vai entender que aquele momento é de brincar, se divertir e se sentir bem!

Feliz dia do profissional de educação física, porque eu amo minha profissão!

Deixe uma resposta